Caminhando na Graça

2.3.07

Vencendo o medo de viver


O texto de maldito o homem que confia no homem, fala de nos associarmos a certas pessoas e colocarmos nossas confianças nelas... no texto, um rei estava fazendo aliança com outro, que poderia traí-lo buscando seus próprios interesses...portanto se associar com quem não é amigo, e colocar nessa pessoa a sua confiança e se bancar nela, é se fazer maldito.
Realmente ninguém sabe o q é melhor...principalmente quando esse alguém se diz um "guru espiritual"... mas quando se tem um amigo, que é solidário e misericordioso com vc, compartilhando com empatia seus sofrimentos e dúvidas, com certeza os conselhos dele devem ser considerados. Vc já viu algum amigo seu indo por caminhos que vc não julgava certos pq via a situação de fora enquanto ele achava que era O grande caminho?... sempre um amigo que vê de fora consegue ver o que não vemos... principalmente se esse amigo ou conselheiro já viveu aquilo tbm... aí pode falar do que viveu.

Quanto a tentar acertar, esse é o caminho de todos... mas eu desncanso na certeza q: "todas as coisas cooperam para o bem...", "há males que vem para o bem". E sem dúvida na busca de respostas certas, confundimos a nossa voz com a de Deus... e na minha opinião Deus não tem intenção de responder a maioria de nossas perguntas a não ser em casos extremos.. pq qual criança que aprendeu a andar sem cair? quem aprendeu a falar sem falar erradas primeiras?... Deus como pai, não quer ter filhos atrofiados de mente... ou qual de nós com nossos 20 e poucos anos ainda pede o pai pra ir na padaria comprar pão pra comer?... nós não fomos nos desenvolvendo e aos poucos conseguindo discernir o que podemos ou não fazer? Esse é o caminho de Deus...

Nos libertar dos laços operacionais (pedir - receber; perguntar - ter resposta), para nos enlaçar na maturidade do relacionamento, onde sei quem eu sou e quem Ele É!... crescer na graça e conhecimento d'Ele.

Portanto as decisões erradas e as dores advindas delas, servem pra nos dar maturidade e capacidade de discernimento, o q não substitue conselhos de pessoas com mais experiência e vivência.

No mais, não há como crescer sem dor e decisões erradas...

E se a criança não tiver coragem de tentar andar, sabendo que pode e provavelmente vai cair, não andaria de fato... imagine se depois de cair 3 vezes, uma criança desistisse de andar?... o problema é que agora que já andamos fisicamente, a nossa caminhada é existencial... e envolve "quedas existenciais e dores na alma", o que é muito pior do que o físico... e esse nosso medo de nos ferirmos na alma, nos limita de tomar decisões e ir avante... mas de que formas iremos e cresceremos sem essas dores?

Tiago diz no capítulo 1 de sua carta:

2 Meus irmãos, tende por motivo de grande gozo o passares por várias provações;
3 Sabendo que a aprovação da vossa fé produz a perseverança.
4 e a perseverança, tenha a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, não faltando em coisa alguma.
12 Bem-aventurado o homem que suporta a provação; porque, depois de aprovado, receberá a coroa da vida, que o Senhor prometeu aos que o amam.
Tiago estava dizendo que era bom psicológicamente e existencialmente sofrer?... Não... ele estava dizendo que por mais dolorido que fosse, deveríamos nos alegrar na certeza de q isso gera em nós aprendizados de toda a sorte e nos torna pessoas melhores.

E a dor, serve para nos mostrar que há algo errado... imagina se nos machucássemos e não sentissemos dor?... quando fôssemos ver, as feridas teriam se alastrado e morreríamos... tem uma doença q impede a pessoa de sentir dor, e nesse caos, os médicos ministram remédios pra pessoa sentir dor... pq só a dor, nos possibilita buscar a melhora.

Por fim, não há como crescer em todos os sentidos, sem dores, provações, tentações, e sem darmos os saltos de coragem... nos envolvermos na vida... sabendo que isso vai doer em alguns momentos, mas tbm sabendo que isso me tornará na frente na imagem e semelhança de Cristo e em alguém mais misericordioso com o outro quando vê-lo em dores.

1 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Início